Escola particular quer ser ouvida

O protagonismo do legislador brasileiro sobre temas afetos à educação é motivado muitas vezes pelo saudável propósito de buscar o melhor para os estudantes. Falta, no entanto, aos representantes do Executivo, aos membros do Congresso Nacional e dos poderes legislativos estaduais e municipais chamar à mesa de negociações todos aqueles que conhecem profundamente o assunto.

A escola particular, por exemplo, muitas vezes só toma conhecimento de decisões absolutamente importantes para a sua atividade através de edições do Diário Oficial. 

A Abepar quer mudar essa realidade. Queremos fazer parte do debate nacional sobre tudo o que disser respeito à educação em nosso país. Não queremos naturalmente assumir o papel que cabe, legal e legitimamente, aos sindicatos, às federações e confederações de escolas. Nosso objetivo é apoiar essas instituições com nossa capacidade de formular ideias e projetos. 

Nossa intenção é enriquecer o debate público, participando com a apresentação de ideias, projetos e argumentos sobre questões educacionais que estejam em pauta na sociedade, no Congresso, nos meios de comunicação e em diversos outros fóruns de debates.

A Abepar acredita que a educação no Brasil precisa passar por um amplo, transparente e cuidadoso processo de transformação, que leve em conta as novas dinâmicas mundiais e as megatendências que se projetam hoje em escola planetária. Precisamos superar o corporativismo que ainda prevalece em certos setores profissionais ligados à educação. Há burocracia e regras em excesso – e muitas delas mais atrapalham do que contribuem para o ensino de qualidade.



Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.