Colégio Magister completa 52 anos e comemora realizações durante mais de cinco décadas

  • Quarta, 18 Novembro 2020 13:53

De um sonho, nasceu o Magister. O colégio da Zona Sul de São Paulo e associado à Abepar completou, no último dia 11 de novembro, 52 anos. A comemoração do aniversário em 2020, no entanto, teve de ser diferente por conta do distanciamento social, necessário em tempos de pandemia. A tecnologia deu o suporte para unir e aproximar até mesmo ex-alunos da instituição. Com mensagens enviadas à escola por meio de ferramentas digitais, e com a exibição de retrospectivas históricas de alunos e ex-alunos elaboradas pelo colégio, o Magister mostrou que nem mesmo a pandemia de Covid-19 foi capaz de quebrar o elo entre escola e família. 

A diretora pedagógica, Katia Martinho Rabelo, sustenta que a história do Colégio é maior que cinco décadas. “Aqui construímos muitas outras histórias e deixamos marcas na vida de muitas pessoas”, disse a diretora. “Pensar na responsabilidade que temos por essas marcas significa valorizar a história de cada um dentro da história da escola toda”, complementa.

Fundação do Magister

A trajetória do antigo Externato Onze de Novembro, uma homenagem feita a São Martinho, começou no final da década de 60. Em 1968, o recém formado professor de Matemática, Alberto Martinho e a professora de Geografia, Ilka Martinho, decidiram fundar uma escola oferecendo cursos de admissão ao ginásio e datilografia e mais tarde Educação Infantil e 1ª a 4ª série. O nome “Magister” só veio aparecer 10 anos após a sua fundação. 

Ao longo do tempo, o ensino bilíngue foi implantado e se solidificou com programas que caracterizam a preocupação com a modernidade no ensino e o desenvolvimento de cidadãos críticos e com as habilidades necessárias para o século XXI.

Relação família-escola

Reconhecidos pelo acolhimento aos estudantes e famílias e pelo respeito com que trata sua comunidade, o Magister se atenta às necessidades da criança e do jovem ao mesmo passo em que oferece uma formação acadêmica forte. Prova disso foi a conquista, em 2019, da melhor nota de redação do Enem de sua região. 

A diretora, que é filha do casal fundador e atua na escola junto com seus irmãos Karin e Marcos, explica que a forma como o Colégio lida com sua equipe influencia o modo como esses profissionais se relacionam com os estudantes, com as famílias e entre si. “Escolher uma escola que é de acolhimento é escolher uma visão de mundo”, explica. “Por isso, nosso projeto pedagógico responde às demandas do hoje, com um ensino que leva os alunos a alcançarem grandes oportunidades, sem que a essência do respeito e do acolhimento se perca”, garante a diretora.

2020

Com experiência no meio digital e repertório tecnológico já constituído, o Colégio Magister conseguiu adaptar suas atividades rapidamente ao ambiente online durante a quarentena. Ainda assim, o período foi de muito aprendizado, segundo Katia Martinho     . 

A diretora também explica que o Magister só conseguiu responder bem ao processo devido à sua boa infraestrutura e ao engajamento das famílias e da equipe. “Para se manter firme ao longo desses 52 anos é preciso muita renovação”, diz.

Leia a matéria completa sobre a adaptação do colégio durante a pandemia.

  • 117
  • Última modificação em Quarta, 18 Novembro 2020 14:45